Brasileiro fica entre os 10 melhores professores do mundo



Envolvendo a comunidade dentro e fora da escola, Diego ouviu as preocupações de seus alunos e focou na renovação dos espaços. Por meio de doações e a ajuda de funcionários, pais e professores, os prédios foram pintados e reformados. Com as mudanças, os alunos ganharam voz ativa dentro de sua educação e a comunidade se integrou mais com o ambiente escolar.
Entre outros projetos do professor, está a implantação de um sistema de carteiras para controlar a frequência dos alunos, mediações de conflitos e a abertura da biblioteca da escola para os moradores da região.

1Top 40

Entre os 40 finalistas do prêmio, outro destaque é o professor Rubens Ferronato, da Escola Estadual Dom Petro II, em Curitiba.

Após observar a dificuldade de um aluno cego em aprender matemática, Rubens testou uma nova metodologia de ensino, descrevendo as informações que passava como se todos seus alunos fossem cegos. Depois, ele desenvolveu um instrumento para também ensinar a disciplina através do tato.


Fonte: http://oumarizalense.com
Mídia Notícia. Tecnologia do Blogger.