Adsense


Últimas

É crítica a situação dos reservatórios que abastecem município de Amargosa na Bahia

A escassez de chuvas que há cerca de cinco meses atinge não só Amargosa, mas toda a Região do Vale do Jiquiriçá, tem provocado inúmeros problemas. Segundo a Embasa, caso não chova nos próximos dias, o sistema pode entrar em colapso e conseqüentemente pode faltar água.
Amargosa conta com duas barragens, uma no Timbó e outra na localidade conhecida como Riachão. Na barragem do Timbó onde o problema é mais grave, o nível do reservatório está muito abaixo do normal e conta com apenas 10 cm de água. De acordo com dados fornecidos pela Embasa, normalmente eram captados 90 m³ / hora. Com a atual situação de estiagem, esse número foi reduzido para 30 m³ / hora. Por conta disso, os técnicos da embasa estão captando água da fonte do Riachão como forma de garantir o fornecimento para a cidade.

Barragem do Riachão
Caso as chuvas não caíam, o nível também deve baixar na barragem do Riachão. A possibilidade de faltar água é grande. “Caso não chova nos próximos dias, teremos que realizar manobras para garantir o fornecimento nos bairros da cidade “, disse Gilson Souza, gerente do escritório da Embasa em Amargosa.
Ainda segundo o gerente do escritório da Embasa, é fundamental que a população economize água e evite o desperdício. Está é uma forma de garantir que o fornecimento de água seja feito para os moradores de Amargosa. Ele orienta ainda para que as pessoas adquiram reservatórios com capacidade maior e comecem a estocar água.
Uma alternativa viável para reduzir os impactos que vem acontecendo ao longo dos anos por conta da escassez de chuva seria a ampliação das barragens que atendem o município. Existem projetos que tratam desta situação, no entanto é necessário que o Governo do Estado coloque este serviço em prática para garantir que os reservatórios tenham sua capacidade aumentada.
Fonte: AN

Nenhum comentário