Dicas para não deixar o calor atrapalhar seus treinos - Mídia Notícias

Adsense

Últimas

Dicas para não deixar o calor atrapalhar seus treinos

Ilustração
Estamos na primavera, época do ano que a temperatura no planeta começa a aumentar cada vez mais, com o aquecimento global o calor tende a ficar cada ano mais em evidencia, dificultando a pratica de atividade física ao ar livre, nosso corpo reduz a capacidade cardiorrespiratória e resistência anaeróbica durante os exercícios, pois utilizamos mais energia para resfriar os músculos e tentar manter-se um equilíbrio.


Justo nesta época as pessoas começas a aumentar a rotina de treinos e praticar mais atividade física, preocupadas em estarem bem, com corpo dos sonhos para o tão esperado verão. O que devemos fazer para esse calor excessivo não atrapalhar e prejudicar os treinos?

O tão famoso “projeto verão” que muitas pessoas sonham não deve começar apenas nas época quente do ano e sim no inverno, onde deve ter todo um trabalho de fortalecimento articular, muscular e cardiorrespiratório, para conseguir ter êxito em suas metas e objetivos.

Devemos sempre respeitar os limites biológicos de cada pessoa, sabendo o momento certo de parar as atividades para não sobrecarregar de mais o corpo. Toda atividade em excesso pode ser prejudicial à saúde e atrapalhar diretamente os resultados dos seus treinos.

Nos parques, na praia, na rua ou até mesmo no quintal de casa, nada mais prazeroso do que praticar atividade física ao ar livre, porem com as temperaturas mais elevadas, típicas do nosso pais tropical, devemos ter uma atenção redobrada, lembrando que além do calor, a umidade também é um fator que devemos ter uma atenção, com tempo seco nosso corpo tende a perder muito liquido durante os treinos, dando sensação de cansaço, fraqueza e moleza, relacionadas diretamente com a desidratação.

O Educador físico Bruno Henrique de Oliveira, coordenador técnico da Health4u Academia, tem algumas dicas para não se desidratar, e evitar possíveis lesões, otimizando sua segurança, durante a pratica de atividade física em dias mais quentes durante a pratica de atividade física ao ar livre:

1.      Hidratar-se
A água representa cerca de 60% do peso total do corpo de uma individuo adulto e quase 80% do corpo de uma criança, além de ser o principal componente das nossas células, ela é responsável pelo transporte de nutrientes, sais minerais e regula a temperatura corporal. Quando o calor se torna exagerado, inicia-se a liberação de suor, que possui água em composição causando resfriamento do corpo. Desta forma é fundamental se hidratar durante a pratica de atividade física, recomendasse que cada pessoa deve tomar 0,5ml x peso corporal de agua por dia. Por esse motivo não deixe de sair de casa sem sua garrafinha de agua, seja para a reposição de liquido ou até mesmo para jogar no corpo, por isso use e abuso da agua, ela indispensável em seus treinos. Desidratação pode causar tontura, vomito, mal-estar, dor de cabeça e perda de consciência.

2.      Horários e Volume do treino
Depois de muitos anos este ano não teremos o horário de verão que teoricamente começaria agora em outubro, com esse fator os dias se tornam ainda mais quentes, desta forma opte em treinar pela manhã ou início da noite onde temos uma temperatura mais amena e uma melhor umidade, desta forma possibilita que tenha treinos mais produtos, com menor sensação de cansaço e fadiga, seu professor deve sempre diminuir intensidade e volume do seu treino para não sobrecarregar seu corpo, respeitando o limite biológica e objetivos de cada pessoa.


3.      Alimentação
No inverno nosso metabolismo está mais acelerado, nosso corpo sente uma necessidade maior de comer alimentos mais calóricos, porem no verão acabamos optando em investir em alimentos mais leves como: frutas, saladas, sucos e vitaminas. Essa é uma excelente estratégia pois além de ter mais disposição e energia durante os treinos, isso ajuda a manter a dieta, pois esses alimentos ajudam a digestão evitando a indisposição e sensação de fraqueza, atrapalhando seus resultados nos treinos. Sempre bom ter uma orientação e acompanhamento de uma nutricionista.

4.      Roupas
Roupas leves e confortáveis podem fazer toda a diferença na hora do treino, facilita na execução dos estímulos, além de ter uma proteção adequada contra os raios ultravioletas, desta forma opte em usar bermudas e camisetas leves, se possível com proteção UV além de usar boné e viseiras, óculos solas não se esquecendo do protetor solar diário.

5.       Local
Tente procurar treinar sempre na sombra evitando desidratação, de preferência em horários matinais, no qual as temperaturas ainda estão mais amenas. Se tiver opção de escolher atividade física, opte em escolher atividades na piscina e na praia como: natação, surf, hidroginástica, stand up dentre outras. Desta forma é uma boa estratégia para conhecer novos esportes e ter novas oportunidades.

6.      Dificuldade
No calor tudo é motivo pra se tornas mais cansativos e desestimular, parece que tudo se torna mais difícil do que habitualmente. Você não pode desistir ou desanimar, tente respeitar seus limites ajustar volume e diminuir a intensidades dos treinos

7.      Cãibra
Para evitar os espasmos musculares, você pode apostar em alimentos ricos em potássio e magnésio, como as bananas. Se as dores continuarem, não precisa desanimar, apenas tente parar o treino, aumente intensidade nos exercícios de alongamento e procure ingerir mais liquido durante o dia.

Por BRUNO HENRIQUE DE OLIVEIRA - COORDENADOR TÉCNICO HEALTH 4U ACADEMIA

Nenhum comentário