Ticker

6/recent/ticker-posts

Banner

Páscoa: o aumento da acne está relacionado ao consumo de chocolate?

Reprodução

Segundo pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Offerwise Pesquisas, cerca de 111 milhões de pessoas no país devem realizar compras de Páscoa em 2023. Mas junto com toda a gostosura da época vem o temido questionamento sobre o consumo de chocolates e o aparecimento de acnes na pele.

 

De acordo com a dermatologista da Clínica Áurea, Dra. Rebeka Sobral, o que causa o aparecimento de acnes não é o chocolate em si, mas o consumo excessivo de açúcar. O que causa a acne é o consumo excessivo de açúcar. Esse consumo desencadeia um processo em que as moléculas de açúcar e carboidrato se unem às proteínas importantes da nossa pele, como colágeno e elastina, e isso acaba prejudicando o funcionamento dessas proteínas. O alto índice glicêmico vai aumentar a produção do sebo pelas glândulas sebáceas e potencializar o surgimento da acne em quem já tem tendência ao surgimento”, explica.

 

A médica alerta que além da acne, o consumo de chocolates e açúcares podem trazer outros prejuízos. “Comer muito chocolate de vez pode causar também diarreia, refluxo, dores abdominais, náuseas e dores de cabeça. Além disso, o açúcar impacta diretamente na pele, e potencializa a flacidez e o envelhecimento precoce.”

 

Mas o chocolate nem sempre é vilão: consumir boas opções e de forma moderada pode trazer benefícios, tendo ação antioxidante e melhorando a saúde do coração. “Comer chocolate não faz mal, mas desde que você escolha um bom chocolate. Opções em torno de 70% de concentração de cacau são os melhores, porque terá menos adição de outros componentes como açúcar e leite que são o que costumam causar esses picos glicêmicos”, explica Dra. Rebeka.

 

Para aqueles que têm tendência ao surgimento de acnes e consumirem de forma excessiva os doces nessa época de Páscoa, o ideal é procurar um dermatologista para indicar o melhor cuidado e evitar tratar em casa sozinho, para não machucar a pele e até deixar cicatrizes permanentes.

 

“Cada paciente precisa ser avaliado individualmente para a melhor indicação de tratamento. Quem tem tendência a ter acne pelo consumo excessivo do açúcar deve melhorar a parte alimentar, isso é muito importante nesses casos. Também aumentar o consumo de água, e nunca mexer no rosto em casa sem indicação de um profissional”, finaliza a dermatologista

Postar um comentário

0 Comentários