Ticker

6/recent/ticker-posts

Banner

Baiano que participou do BBB liderou atos terroristas em Brasília

Reprodução

O artista plástico baiano Adriano Castro, conhecido como Didi Red Pill, participou dos atos terroristas e foi uma das lideranças do movimento, como ele mesmo narrou em Brasília, neste domingo (08/01). Ex-participante da primeira edição do Big Brother Brasil, ele é um apoiador radical do ex-presidente Jair Bolsonaro e fez uma live de mais de quatro horas em seu canal do YouTube, na qual registrou a invasão ao Congresso Nacional. Nas redes sociais, ele afirma que é o “exterminador de mortadelas”.

“Vamos realizar nosso sonho de patriota de sair do quartel e ir direto para o Congresso Nacional. Jamais pensei que estaria participando da história novamente do jeito que estou participando agora”, disse durante o trajeto.

“Não era o que todo mundo queria? Que a gente fosse para o Congresso? Seu desejo vai se tornar realidade”, afirmou o ex-BBB. “Não é a casa do povo? Vai receber o povo, cordeiro, pacato, honesto, trabalhador, cristão e de direita. Eu sei que lá naquela casa não ‘tá’ acostumado com isso, mas vão ter que começar a se acostumar.” No final, registra também a invasão ao Palácio do Planalto. “O povo não vai sair”, falou.

Com frequência, o ex-BBB publica vídeos em favor de atos antidemocráticos contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que venceu a eleição presidencial em outubro do ano passado. Adriano também participou dos acampamentos bolsonaristas em Salvador.

Fonte: Informe Baiano.

Postar um comentário

0 Comentários