Ticker

6/recent/ticker-posts

Banner

Câmara técnica que Queiroga quer ouvir já disse ser a favor de vacinar crianças

O grupo de especialistas citado pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, como responsável por uma nova análise da possibilidade de vacinar crianças contra a Covid-19 já se manifestou – em pelo menos duas ocasiões – a favor da aplicação dessas doses. As informações são do portal G1.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou na última quinta (16) a aprovação da vacina da Pfizer em dose pediátrica para vacinar crianças de 5 a 11 anos. Neste sábado (18), no entanto, Queiroga disse que o Ministério da Saúde só anunciará uma decisão sobre o tema em 5 de janeiro.

Nessas quase três semanas, o ministro pretende colocar o tema sob consulta pública para respaldar o posicionamento a ser tomado pela Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19.

Essa câmara técnica foi criada em agosto para ajudar o governo a elaborar as políticas de vacinação contra o vírus. Em outubro, o grupo recomendou à secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid, Rosana Leite de Melo, que o ministério considerasse a vacinação infantil, inclusive, na hora de planejar a compra de doses para 2022.

Na ocasião, a câmara avaliou quatro cenários possíveis – cada um, com um número específico de doses a serem adquiridas. Segundo a ata do encontro, o cenário “ideal para o esquema vacinal em 2022” seria justamente o único a incluir as crianças no cálculo.

Nesta sexta (17), um dia após a Anvisa aprovar o uso da vacina da Pfizer para o público infantil, a câmara técnica voltou a se reunir e, por unanimidade, ratificou a concordância com essa vacinação.

BN

Postar um comentário

0 Comentários