Vale-alimentação reforça a segurança alimentar das famílias dos estudantes da rede estadual - Mídia Notícias

Adsense

Últimas

Vale-alimentação reforça a segurança alimentar das famílias dos estudantes da rede estadual

Vale-alimentação reforça a segurança alimentar das famílias dos estudantes da rede estadual
Divulgação 

O benefício da terceira parcela do Programa Vale-alimentação Estudantil, no valor de R$ 55 por estudante, além de garantir uma alimentação de qualidade, está servindo para complementar a renda das famílias que, muitas vezes, possuem algum integrante com dificuldades financeiras, especialmente neste período de pandemia do novo Coronavírus. Nos 417 municípios baianos, os estudantes estão adquirindo alimentos prioritários, como feijão, arroz, macarrão, leite, ovos e carne, que são consumidos não só por eles, mas por todos em suas casas, reforçando a segurança alimentar. A iniciativa conta com um investimento de R$ 44 milhões que, somados às duas primeiras parcelas, totaliza R$ 132 milhões de recursos próprios do Estado.

 

O cartão vale-estudantil é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes. A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que se dirija ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual.

 

Para o lavrador e ajudante de pedreiro, pai de quatro filhos, Erisvaldo Carvalho Curaçá, 35, o benefício está ajudando muito nas despesas de casa. Ele é pai dos estudantes Mateus, 13, e Eloisa, 15, que estudam no 8º e 9º ano, respectivamente, no Colégio Estadual José da Silva Marques, no município de Campo Formo, além dos caçulas Atoniel, 11, e Daniel Carlos, 10, que estudam na rede municipal. Como são dois estudantes na rede estadual, a família recebeu R$ 110 em cada uma das três parcelas do programa.

 

"Quase não estou conseguindo trabalho neste período de pandemia e não é fácil cuidar de quatro filhos sozinho. Mas, o vale-alimentação está nos ajudando muito, pois R$ 110 já é quase uma feira da semana para a minha casa, pois somos em cinco. Agradeço muito ao governo do Estado por esta iniciativa, que é muito importante e está ajudando um pai de família a colocar o pão na mesa", disse Erisvaldo, emocionado. A sua filha Eloisa complementou: "Este vale veio em uma boa hora e estou muito contente com esta ajuda, que serve para toda a minha família, incluindo os meus irmãos mais novos que não recebem. Nós compramos alimentos, como arroz, feijão, banana, biscoito e carne".

 

O vale-alimentação também vem beneficiando a família das estudantes Solange e Jirlene Dias Silva, 16 e 17, respectivamente, que cursam o 2º ano no Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro, no município de Saúde. Sua mãe, Irmon Souza da Silva, falou sobre a importância do benefício. "Estou desempregada e meu marido, que é pedreiro, quase não encontra trabalho. Então, esta ajuda do vale-alimentação é muito importante neste momento difícil, pois somos seis pessoas na casa, contando com meus dois outros filhos - Tiago, de 12 anos, e Gabriel, com sete -, que estudam em escolas da rede municipal".

 

Gilson Brito, 55, que é pai de Rute Ellen, 15,  Estter, 12, e Tamille Brito, 24, que estudam no 9º, 7º e 2º ano, no Colégio Estadual Fênix, em Feira de Santana, agradeceu pela terceira parcela do vale-alimentação dos três filhos, que somou R$ 165 em compras de alimentos. "Estou desempregado há quatro anos e agradeço muito ao governador Rui Costa, pois este benefício está servindo muito para a alimentação dos meus filhos e isso é uma benção em nossas vidas". Sua filha Tamille reforçou que o vale-alimentação está ajudando muito em casa. "Assim como meu pai, minha mãe também está desempregada e estamos muito felizes com este benefício, pois chegou em uma boa hora, pois estamos sem dinheiro para comprar alimentos que estávamos necessitando".

Nenhum comentário