Com contratos internacionais, Fernanda Cecília Trindade fala sobre carreira de modelo e assédio - Mídia Notícias

Adsense

Últimas

Com contratos internacionais, Fernanda Cecília Trindade fala sobre carreira de modelo e assédio

Com contratos internacionais, Fernanda Cecília Trindade fala sobre carreira de modelo e assédio
Vanessa haddad
Com contratos internacionais, Fernanda Cecília Trindade fala sobre carreira de modelo e assédio

A mineira passou por grandes dificuldades no mundo da moda e teve até depressão

Apesar de parecer como um conto de fadas, a vida de uma modelo pode alternar momentos de alegrias com dificuldades. Com apenas 14 anos, Fernanda Cecília Trindade saiu de casa para buscar seus sonhos e teve que encarar o mundo sozinha.

"O impacto no primeiro momento assusta. A saudade de casa machucava. A fluência no  inglês fazia falta. No início me fez muito mal", disse a modelo.

Sobre assédio sexual, ela conta que, infelizmente, faz parte da profissão. "É mais evidente no meio artístico. No mundo da moda isso existe, e é preciso saber lidar, “pode ser um fotógrafo, cliente ou dono de agência. O importante é você se dar o respeito"

Hoje, reconheço que valeu a pena enfrentar todos meus medos e dificuldades para a realização desse sonho. Eu aprendi a me cuidar mais, ser mais vaidosa. Graças a vida de modelo, conheço mais de 34 países.

Com mais de 13 anos de carreira, Fernanda fala com felicidades de suas conquistas: .

"Uma menina que saiu de Araxá sem falar outro idioma, mas hoje domina o inglês e fala mais duas línguas, tem contratos espelhados por grifes renomadas e grandes agências de modelo de diversos países do mundo".

Mas a vida nem sempre é feita de realizações de sonhos, por isso é preciso saber encarar pesadelos. Após negar um trabalho, a modelo passou por grandes dificuldades na Índia.

"Em 2016, fui para Índia já com visto de trabalho, trabalhei por 6 meses bem, mas um belo dia, a agência me deu uma trabalho para uma marca de  preservativos. Como penso em ter filhos, neguei. Foi aí que a minha vida virou um pesadelo. Tive que ir à embaixada indiana tentar trocar meu visto de trabalho para o turismo , mas não era possível, o choque foi grande, mas não desisti, “ arrumei um casamento na Índia “ no qual anulava as taxas. Fiquei doente na Índia com depressão, se agravando no Brasil com término do meu noivado. Hoje, graças a Deus, estou fazendo tratamento com remédios e terapia.  A Índia foi um lugar de aprendizagem e perdas significativas para mim. Fiquei doente 2 vezes com febre, tifóide, internada e sozinha num leito de hospital", relembra.

Fernanda agora está focada em obras sociais, trabalhando na cidade de Araxá, Minas Gerais juntamente em parceria com grandes marcas.

Nenhum comentário