Jogador de 16 anos morre ao ser baleado nas costas em operação policial - Mídia Notícias

Adsense 728

Jogador de 16 anos morre ao ser baleado nas costas em operação policial




Dyogo Coutinho, jogador de base do América, morreu aos 16 anos durante uma operação policial no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (12). Ele estava saindo da comunidade onde morava e estava a caminho do treino quando foi baleado nas costas.

O jogador foi socorrido no local e foi transferido a atendimento médico em uma policlínica, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do jogador foi reconhecido pelo avô do jogador, Cristovão Brito, que passava pelo local e decidiu ver do que se tratava a aglomeração de pessoas.

Em entrevista à Tv Globo, Cristovão afirmou que ainda teve que ouvir de policiais que o neto era traficante: “Passei na hora no ônibus. Passei e vi um corpo no chão, mas não identifiquei que era meu neto. Quando cheguei uns 50 metros à frente, que me deu um toque na cabeça que meu neto tinha descido para ir treinar. Parei o ônibus, coloquei no freio de mão, fui lá ver e era meu neto. Agora, imagina uma situação dessa. E os PM’s lá. Ainda disseram que meu neto era traficante”. “Era só chamar ele, mandava encostar, verificava a bolsa que ia ver que ele ia treinar, e liberava. Não atirar. O tiro pegou nas costas e saiu aqui do lado (na costela). Ainda falaram para mim que meu neto era traficante. Brincadeira”, contou o avô de Dyogo.

Em manifestação pela morte do jovem, moradores da comunidade protestam no local. Eles atearam fogo em um ônibus que passava na hora do protesto e interditaram uma das avenidas da cidade.


Varela Noticias

Esporte

Polícia

Rio de Janeiro

Postar um comentário:

0 comments: