Mais casos de envenenamento de animais no centro da cidade de Amargosa



O Grupo de Proteção de Animais de Amargosa recebeu novas denuncias de maus tratos, envenamento e abandono em várias ruas e bairros da cidade.
Joelson Alcantara, um dos protetores de animais em Amargosa, disse que mais um cachorro foi morto por envenenamento, na Av. Lomanto Jr próximo ao Ciretram. Ultimamente vários cães e gatos são encontrados mortos em ruas e residências, vítimas de envenenamento.
Para denunciar, o cidadão de bem pode ligar para o número 153. Outras formas de denunciar é procurando a delegacia do município, o Ministério Público, procurar o setor da prefeitura responsável pela fiscalização e ou procurar o Grupo de Proteção de animais, através do número 75-988097877 ou 75-8891-0425.

De acordo com a Lei Federal 9.605/98 – dos Crimes Ambientais:
Art. 32º - Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

O grupo de proteção de Animas de Amargosa precisa de ajudar para continuar desenvolvendo o trabalho na cidade. Materiais para construção de uma cobertura para os animais encontrados, principalmente cães e gatos, bem como medicamentos e rações.

Fonte: Criativa On Line
Mídia Notícia. Tecnologia do Blogger.