Loucura: Youtuber é presa após matar o namorado durante gravação de “desafio” com arma - Mídia Notícias

Mais vistas

Pesquisar este blog

Arquivo do blog

Seguir por Email

Publicidade Rede Criativa

Comentários

recentcomments

Destaques

Sobre

Notícias que estão na Mídia. Curiosidades, Saúde, Entretenimento, Esporte e Muito Mais.

Adsense 728

Loucura: Youtuber é presa após matar o namorado durante gravação de “desafio” com arma




Até onde vai um jovem em busca de seguidores e curtidas nas redes sociais? Para Monaliza Perez e Pedro Ruiz III, de Minnesota, nos Estados Unidos, o preço foi alto: em uma tentativa de chamar a atenção ao seu canal do Youtube, o casal youtuber decidiu gravar um vídeo em que ela teria de atirar contra o peito do namorado “em um desafio arrepiante”, segundo divulgaram horas antes. Mas, a “brincadeira” acabou matando o jovem de 22 anos. Poucas horas antes do tiroteio, a youtuber publicou em sua conta do Twitter: “eu e Pedro estamos, provavelmente, publicar um dos vídeos mais perigosos já feitos. Ideia dele não minha”. A mensagem inclui dois emojis “assustados” junto de um macaco que tampa os olhos.

O vídeo se trata de Perez atirar contra Ruinz com uma pistola Desert Eagle, de calibre 50, enquanto ele segurava uma enciclopédia de capa dura – assim, o casal “testaria” e veria “se a bala atravessaria o calhamaço”, de acordo com a denúncia criminal.

De acordo com o portal “Star Tribune”, Monaliza Perez foi presa nesta quarta-feira (28), depois de o vídeo ter sido feito para o canal do Youtube na segunda-feira (26) à noite. Perez, de 19 anos, está grávida do segundo filho. Ela foi encaminhada à Corte do Distrito do Condado de Norman e foi liberada depois de pagar uma multa de US$ 7 mil.

“Adorava armas”


A arma utilizada para o “desafio” é descrita em publicidades on-line como sendo “uma das pistolas semiautomáticas mais poderosas do mundo”. De acordo com Lisa Primeau, tia de Pedro Ruiz, o jovem youtuber “estava sempre perseguindo uma emoção, colocando um toque de perigo em tudo o que fazia”. Ainda segundo Primeau, “suas palhaçadas incluíam pular na piscina do telhado da casa, sem hesitação”.
 

A tia do jovem conta que ele tinha diversas armas em sua casa, e que adorava armas . Ela teria tentado dissuadir o casal de gravar o vídeo, logo depois que a contaram da ideia. “Não façam isso! Não façam isso! Por que uma arma? Por quê?”. Em resposta, ela disse que o sobrinhou respondeu que “queriam mais visualizações ”. “Nós queremos ser famosos”, explicou. Eles finalmente conseguiram…

Perez tem um canal no Youtube no qual foram publicados diversos vídeos do casal fazendo atividades diversas. O mais recente foi publicado na manhã anterior ao do tiroteio. É intitulado “Doing Scary Stunts at the Fair, Part I”, que mostra o casal participando de uma feira na última quinta-feira. “Imagine quando tivermos 300 mil assinantes”, diz Perez durante o vídeo. Logo após o tiroteio, a youtuber disse ao xerife que era Ruiz que estava “empurrando sua ideia para o vídeo”. As imagens foram feitas por uma câmera na parte de trás de um veículo estacionado e outra, em uma escada. 

Fonte: IG Último Segundo.

Mundo

Polícia

Postar um comentário:

0 comments: