Maior tumor cerebral da história é retirado de indiano



Já imaginou viver com um corpo estranho que cresce dia a dia e você não pode fazer nada? Santlal Pal, de 31 anos, passou os últimos 12 meses com esse sofrimento: o indiano viu crescer um tumor na parte de trás de sua cabeça que lhe causava intensas dores sem que nada pudesse ser feito no momento.
O negócio cresceu tanto que chegou a pesar 1,8 kg! Por conta do tamanho impressionante, os médicos falavam que era como se Santlal estivesse com uma segunda cabeça. Felizmente, na semana passada, dia 14 de fevereiro, cirurgiões do Nair Hospital, em Bombaim, conseguiram retirar o tecido tumoroso em uma operação que durou mais de 7 horas.

Apesar de ter crescido descomunalmente no último ano, o tumor de Santlal já estava na sua cabeça desde 2015. O tecido infectado ficava entre o couro cabelo e o crânio do homem, que trabalha como comerciante em Uttar Pradesh. Porém, como 10% da massa cancerígena estava para dentro do crânio, a operação era de altíssimo risco, fazendo com que muitos neurocirurgiões desistissem da empreitada.
Como se tornou algo emergencial, a cirurgia foi marcada para 14 de fevereiro, praticamente em segredo, afinal, o sucesso dela era algo altamente improvável. Foram 7 horas de operação, 11 bolsas de sangue para transfusão e 3 dias entubado até que os primeiros sinais de que tudo realmente estava dentro do planejado fossem notados.
Santlal segue internado na UTI do hospital, mas apenas até se recuperar totalmente. Segundo o neurocirurgião Trimurti Nadkarni, o paciente só procurou ajuda depois de o tumor adentrar em seu crânio e pressionar o nervo óptico, fazendo-o perder temporariamente a visão. Ele continua sem enxergar, mas os médicos acreditam que isso será reversível a partir do momento em que o nervo se recuperar totalmente.
Santlal já teve um tumor na perna, há quatro anos, que ele tratou com quimioterapia. Quando o câncer se espalhou para a cabeça, ele fez apenas 3 sessões e abandonou o tratamento por conta dos efeitos colaterais da medicação.

Tumor pesava mais de 1,8 kg
Fonte: Canal R1

Mídia Notícia. Tecnologia do Blogger.